Pular para conteúdo
O Que é Ser Mãe? por Jacque Inocêncio do @jacque.culinariafit

O Que é Ser Mãe? por Jacque Inocêncio do @jacque.culinariafit

Acho que não existe uma teoria que possa de fato explicar, cada mãe é de um jeito, cada uma com sua peculiaridade, com sua experiência, insegurança, medo, força, cuidado etc. É difícil conseguir expressar em palavras o amor de uma mãe, só quando nos tornamos mães conhecemos o significado do amor da vida. Ele é incondicional, é sem limites, sem explicação e nada deseja em troca, na verdade o seu anseio é se doar, se doar e se doar, talvez essa seja a palavra-chave para definir esse amor, DOAÇÃO.
 
Diz o ditado que quando nasce um bebê, nasce uma mãe, antes eu não acreditava nisso, até acontecer comigo. Quando engravidei fiquei muito assustada, não considerava que era o momento certo, eu só tinha 23 anos e estava me formando na faculdade ainda, senti muito medo, achava que não conseguiria cuidar do meu bebê direito, não me sentia capaz. Quando fiz o meu primeiro ultrassom veio a surpresa que mudou totalmente a minha vida, descobri que eram gêmeos! Vocês não leram errado não, é isso mesmo, GÊMEOS, minha cabeça na hora bugou, rsrs.
 
A minha reação foi engraçada para o médico, eu literalmente chorei e ri ao mesmo tempo, porém foi engraçado só para ele mesmo, porque para mim foi algo muito confuso. Pensei comigo: Meu Deus, e agora? Como vou gerar duas crianças ao mesmo tempo? Eu só tenho 1,43 de altura, não tenho estrutura física para segurar essa gestação até o final. Como vou dar conta de cuidar de dois bebês sendo que eu não sei cuidar nem de mim direito? Só tenho 23 anos, estou terminando a faculdade, ainda não tenho maturidade financeira, emocional e psicológica para isso. E se os bebês chorarem ao mesmo tempo? O que vou fazer? Ai Deuuus, o que será de mim? Será que vou conseguir ser uma boa mãe para eles? Será que vou dar conta? Gente do céu, vocês não têm noção de como fiquei, na hora fui tomada por muitos sentimentos, muitos questionamentos e muitos pensamentos negativos sobre a minha capacidade. Olha, foi difícil cair a ficha viu!
 
E o que eu aprendi com tudo isso? É que não importa se você considera que não esteja no momento certo para ter filho, quando nascer seu bebê, você se tornará mãe, seu instinto muda na hora, seu corpo e sua mente se transformam para atender as necessidades do seu bebê, é instantâneo, juro! Você se torna mais do que capaz e acaba se surpreendendo com você mesma, o amor te toma de uma tal forma que não dá para explicar, é algo que nunca sentiu antes, tudo em você se transforma, mesmo exausta você está lá para garantir que tudo esteja bem com seu bebê, quando você acha que não aguenta mais, você aguenta mais um pouco, você persiste e não desiste, na verdade nunca desistirá, pois é esse amor que te move, e embora não seja nada fácil você ama fazer parte disso.
 
A realidade é que a maternidade não são só flores e não existe uma receita de bolo que te mostra exatamente o que você deve fazer, você aprende aos poucos, cada fase com os seus desafios e descobertas.
 
Para mim a maternidade é muito mais do que suprir as necessidades de sobrevivência dos meus filhos, eu quero ser aquela que faz com que eles se sintam amados e especiais mesmo com todos os defeitos, quero ser a pessoa que eles podem contar nos momentos bons e ruins, que dá colo para chorar e abraços para consolar, que dá segurança de ter para onde voltar caso as coisas deem errado, quero que eles saibam e sintam que eu nunca desistirei deles, muito pelo contrário, vou insistir e incentivar, quero ensinar que cair faz parte da vida, mas que também estarei lá estendendo as mãos para ajudar eles a se levantarem, quero ser tudo o que minha mãe foi e é para mim até hoje, ela é minha base, meu exemplo, meu porto seguro.
 
Por isso deixo aqui o meu FELIZ DIA DAS MÃES em especial para a minha mãe que cuida de mim até hoje, se não fosse ela eu não sei o que seria de mim. Mãe, te amo!
 
E também quero parabenizar todas as MAMÃES, sejam elas biológicas ou de coração, não importa o “rótulo” que foi dado, vocês são especiais, fortes e guerreiras, sem vocês nós não seríamos nada, vocês são o pilar das nossas vidas. Que esse dia não seja só lembrado em uma data comercial, mas todos os dias. Recebam o meu abraço com muito carinho.
 

Deixo para vocês um vídeo dos meus “bebês” desejando um Feliz Dia das Mães para vocês...

Artigo anterior Atividade Física para Ir Mais Longe por @prica.marcassa
Próximo artigo Filmes para Curtir com a Mãe por @guiga.san

Deixe um comentário

* Campos obrigatório